Related Posts with Thumbnails

Máquinas e ferramentas

Feicon e Revestir.Porque é de interesse para o consumidor comum?


Mais uma vez este ano teremos as 2 grandes feiras internacionais de construção.
Empresas de vários países expõem seus produtos,inovações,ideias,conceitos para o mercado nacional.
Nossas empresas não só aqui mas também nas feiras como a Cersaie (principalmente o setor cerâmico) mostram do que o Brasil é capaz.
Mas analisando a ultima década e a tradição do Brasil ser fornecedor de matéria prima e não de manufaturados,o que será que o mercado externo tem a nos mostrar.

Não é uma critica as empresas brasileiras mas- Porcelanato,Marmoglass,Monocomando,entre outros produtos alem de terem sido criados e desenvolvidos no exterior,serem fabricados e importados de lá torna cómoda a posição do mercado industrial.
É mais fácil esperar a feira ver as novidades do exterior importar colocar em uma embalagem nacionall e dizer que o produto é ¨Made in Brazil¨,que desenvolver e fabricar o produto aqui.
Mas como tudo tem dois lados-as industrias reclamam da carga tributária para fabricação de produtos,no Entanto cobram ação contra a entrada de produtos do exterior!
Será que dá pra entender oque acontece?
É que para não dizer que o ¨produto o seu produto nacional caro é importado¨ dizer que o ¨importado de verdade barato é de péssima qualidade¨.
Entendeu! Ai o cliente fica com medo de comprar o barato e o barato sai caro!
Nessa confusão alguns itens ainda continuam monopolizados como a ¨louça sanitária¨.
Vai entender!!!!
A verdade é que não queremos fechar as portas para o mundo,mas gostaríamos que o Brasil não exportace apenas minério.
Não precisamos de novos produtos-precisamos ter a tecnologia e oportunidades!


0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords