Related Posts with Thumbnails
0 com

Curso de azulejista.Como preparar o contrapiso?

No curso de azulejista uma das primeiras tarefas é aprender a fazer o contrapiso ou massa de regularização.
Vamos aprender passo a passo como fazer o contrapiso:
O primeiro passo para preparar o contrapiso é limpar a base e retirar todos os restos de argamassa, entulho ou qualquer material aderido.
Depois fazer a transferência de nível com o auxílio de um nível de mangueira, nível laser,ou nível de bolha a partir do nível de referência
Marque a altura do contrapiso com o auxílio de uma trena.
Sobre a superfície limpa, jogar uma mistura de água e adesivo na área onde as taliscas serão executadas.
Polvilhar cimento sobre a mistura.
Essa mistura serve de ponte de aderência entre a laje e o contrapiso.
Colocar a argamassa sobre a superfície
Azulejistas na sua cidade
Depois de nivelar a argamassa, colocar a talisca (um pedaço de cerâmica ou madeira)
Com auxílio da trena e prevendo o caimento no sentido dos ralos, conforme o projeto, confira a altura do nível do contrapiso.
Faça as outras taliscas do local.

Com um fio esticado, confira a altura das taliscas
Aplicar sobre toda a base a mistura de aditivo e água
Em seguida, polvilhar cimento sobre toda a base
Com o auxílio do vassourão, escovar toda a área
Jogar a “farofa” do contrapiso
Com a ajuda de uma enxada, preencher os intervalos entre as taliscas, espalhando a argamassa em movimentos contínuos, para que não seque rápido demais
A argamassa deve ser compactada com um soquete de madeira.
Esse processo deve ser feito até que a argamassa de contrapiso chegue no nível marcado com o fio.
Após compactar a argamassa, sarrafear com movimento de vai-e-vem, apoiando a régua de alumínio nas taliscas.

Sarrafear a sobra até que a superfície alcance o nível das faixas em todos os lados da área do contrapiso.
Sobre as falhas e pequenos buracos, colocar um pouco de argamassa e nivelar a superfície até ficar totalmente lisa.
Desempenar a massa, alisando e dando o acabamento final no trabalho com o auxílio de uma desempenadeira de madeira (ou de alumínio, se necessário)













Creditos:
Imagens-www.comunidadedaconstrucao.com.br
Video-www.agoracursosonline.com.br
Edição-O Azulejista
Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossas matérias.
Coloque seu e-mail aqui:Delivered by FeedBurne 
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:









0 com

Piso térmico,piso aquecido,piso radiante ou calefação.Como aquecer sua casa?

piso radiante
Ter uma casa com sistema de calefação por piso radiante, popularmente conhecido como piso aquecido,piso térmico é sinônimo de muito conforto durante o inverno.
A principal vantagem deste tipo de piso, em relação aos condicionadores de ar e aquecedores portáteis, é que, em vez de aquecer apenas um ambiente, você pode aquecer toda a casa.

A lógica de funcionamento do sistema é física básica: o ar frio desce, o ar quente sobe, como o vapor do chuveiro, no inverno. 
Como aquecer sua casa?Piso aquecido,piso térmico,calefação.

O aquecimento se dá a partir de um circuito de resistências com cabos aquecedores, colocados sob o contrapiso. 
O processo de controle e monitoramento das temperaturas é feito através de sensores colocados separadamente em cada ambiente. 
Dessa forma, é possível utilizar temperaturas diferentes, se assim for desejado.
Dois tipos de piso aquecido
Como aquecer sua casa?
Existem dois tipos de pisos aquecidos: os hidráulicos e os elétricos. 
No sistema hidráulico, o aquecimento acontece através de uma tubulação com água aquecida a gás (a caldeira geralmente é instalada na cozinha, lavanderia ou garagem) que passa por baixo do concreto. 
Na opção pelo sistema elétrico, o aquecimento é realizado por resistências elétricas em forma de serpentina ou através de mantas de aquecimento, também instaladas abaixo do concreto.
A manutenção no sistema hidráulico, a água usada para o aquecimento deve ser trocada a cada três anos. 
O líquido, que circula num circuito fechado, fica sujo por causa do contato com o metal. 
O sistema elétrico exige a troca dos termostatos a cada dois anos.
Instalação
piso térmico,calefação,piso aquecido
A colocação é trabalhosa em moradias prontas para qualquer sistema. 
O hidráulico sai caro para ser instalado em áreas de até 50 m². 
O elétrico aumenta o consumo de energia. Considerando uma área de 100 m², o consumo mensal significaria cerca de R$ 200 a mais na conta de luz (ligado seis horas por dia).
O piso aquecido é compatível com qualquer revestimento, mas é aconselhável que o cada fornecedor garanta seu produto. 
sistema de calefação no piso
Os pisos frios, como cerâmicas, porcelanatos, mármores e granitos transmitem melhor o calor de baixo para cima, o que gera uma sensação mais intensa de calor nas superfícies. 
Revestimentos como laminados, tacos de madeira, madeiras maciças possuem coeficientes de transmissão térmica um pouco menores que, no entanto, em nada comprometem a eficiência no funcionamento dos sistemas.
É importante colocar o piso aquecido quando a casa estiver em processo de construção ou, melhor ainda, na planta. 
Geralmente, a própria empresa que vende e instala este tipo de sistema vai sugerir um profissional para avaliar qual o piso mais indicado e o que precisa ser pensado e feito para que fique do jeito que o cliente deseja. 
piso térmico,calefação,piso radianteNos imóveis prontos, a instalação do piso aquecido exige uma obra para quebrar boa parte do piso, já que o circuito precisa obrigatoriamente estar abaixo do contrapiso, para que tenha uma espessura mínima para a camada isolante, cabos ou tubulações e camada de proteção. 
Depois de instalado o sistema de aquecimento, o piso pode ser lavado normalmente.
Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossa matérias.
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:






0 com

Tipos e cores de granito para sua obra.

granito é uma rocha que varia em tipos e cores
O granito é uma pedra natural que possui uma enorme variedade tipos e de cores.
O granito é uma forma de rocha ígnea (moldada a partir do magma) formada, principalmente, pelos minerais quartzo, feldspato e mica.
A sua textura granulada se deve a distribuição de cristais da rocha, sendo que processo de formação do granito varia e faz com que cada peça se torne única.
granito branco siena
Sua alta resistência a abrasão faz com que sua aparência original tenha grande durabilidade.
Por sofrer pouco desagaste e ter menos riscos de manchar, é considerado um revestimento que não exige muitos cuidados na manutenção, ao contrário dos mármores e materiais industrializados que necessitam de cuidados intensos na limpeza.
O preço do granito tem variação de acordo com o tipo e cor.
piso de granito junta seca
Além dos aspectos relacionados à qualidade e ao custo, é necessário analisar os outros acabamentos no conjunto do ambiente, analisando qual piso combina com o que já existe na casa.
E mais importante que isso, é levar em conta os locais nos quais eles serão utilizados, já que ambos são pisos que escorregam, principalmente quando estão úmidos.
O processo de limpeza do granito é muito simples: basta um pano úmido.
piso de granito branco
Detergentes e outros produtos “fortes” devem ser evitados para não corroer alguns minerais da rocha.
Esse revestimento é muito utilizado por causa de sua simples manutenção, resistência e encaixe perfeito.
O que faz com que você tenha em sua casa um piso de qualidade, prático de limpar e além disso faz com que o ambiente fique belo, luxuoso e elegante. 
A beleza e a funcionalidade desse revestimento pode ser enfatizada com os acabamentos.
Entre as possibilidades estão o polimento (que confere aspecto liso e brilhante), a aplicação de resina (que cobre os poros existentes nas pedras proporcionando brilho superior), o levigado (lixamento bruto e sem brilho), o flameado (jato de fogo que confere aspecto áspero, rugoso e ondulado), o apicoado (pequenas marteladas que produz aspereza e aspecto poroso e uniforme) e o jateado (jatos de areia que proporcionam um visual opaco). 
Para mais informações sobre tipos de acabamentos em granito acesse:
Pontos positivos: 
Elegância, durabilidade, luxo, praticidade, resistência, baixa porosidade, impermeabilidade.
Tipos de granito mais comuns no mercado: 
Amarelo Santa Cecília, Amarelo Vitória, Amêndoa, Branco Ceará, Branco Dallas, Branco Diamond, Branco Marfim, Branco Siena, Branco Viena, Branco Itaúnas, Branco Polar, Biritiba, Bragança, Café Imperial, Capão Bonito, Juparaná, Mauá, Andorinha, Cinza Corumbá, Verde Ubatuba, Preto São Gabriel, Branco Ceará, Spring White, Vermelho Brasília, Preto Absoluto e Preto Indiano.
bancada de granito vermelho Brasilia
Para comprar esta torneira gourmet acesse: www.clippermetais.com.br
Onde usar: 
O granito é uma pedra versátil que pode ser utilizada em pisos, fachadas, cascatas, piscinas, mesas, cozinhas e banheiros.
Pode ser aplicado em áreas ao ar livre, muros e alicerces. 
Cuidados:
Produtos químicos devem ser evitados na limpeza, mas em último caso, se for realmente necessário, utilize detergentes neutros ou incolores.
Não utilize produtos oleosos, água sanitária, ácidos, detergentes corrosivos, etc.
Evite o tráfego de pessoas sobre superfícies molhadas, pois poderá causar acidentes.
como limpar granito
Dicas
Se for aplicar o piso em áreas de escada ou em bordas de piscina, o material deverá apresentar ranhuras ou superfície rústica para evitar escorregões. 
Evitar circulação com sapatos e produtos sujos e equipamentos arrastados para não causar um desgaste prematuro do piso, que poderá perder brilho.
Compre piso de granito padronizado direto da fabrica.Click no banner abaixo!
Granito Branco
Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossa matérias.
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:

2 com

Como recuperar o brilho do porcelanato polido?



Depois de alguns anos o porcelanato polido devido ao  desgaste por atrito,acaba perdendo um pouco do seu brilho em áreas residenciais, e em ambientes comerciais com alto trafego fica quase sem nenhum brilho.
Antigamente a solução para este caso era a troca do porcelanato.
Mas com os produtos certos, as técnicas certas e os profissionais certos, o porcelanato polido pode ser restaurado ao seu brilho original.
OS PRODUTOS CERTOS

Propriedades:
Produto que restaura ou corrige o brilho de porcelanatos, e que também recupera cerâmicas esmaltadas atacadas quimicamente ou desgastadas por abrasão.
Também utilizado em marmoglass, quartzitos, pinturas epóxi e em alguns tipos de mármores de polimento mais difícil.
Com processo de registro de patente em andamento, é um dos principais destaques da Pisoclean.

Propriedades e Benefícios:
Supergloss® LP transforma um porcelanato polido comum em um super gloss, e ressalta mais ainda as qualidades citadas quando aplicado sobre peças que já tenham sido compradas com o efeito glossy.
* Aumenta o brilho.
* Aumenta a resistência à abrasão.
* Impermeabiliza.
* Impossibilita manchamentos por infiltração e transferência de sujeiras.
* Torna o piso mais antiderrapante.
AS TÉCNICAS CERTAS
Veja neste vídeo como usar estes dois produtos e as técnicas corretas de aplicação para restaurar o brilho de porcelanatos desgastados.


Compre os produtos Pisoclean na loja:
www.produtosqueresolvem.com.br


Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossas matérias.
Coloque seu e-mail aqui:Delivered by FeedBurne 
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:








Banner Hotwords