Related Posts with Thumbnails

Tipos de piso.Diferença entre piso cerâmico e porcelanato.

Esta matéria é patrocinada por:
www.lojadoazulejista.com.br

Qual a diferença entre o piso cerâmico e o porcelanato?

Diferença entre piso cerâmico e porcelanato
Esta pergunta é muito frequente.
Na hora da compra geralmente o consumidor se pergunta qual produto é melhor e porque.
Vamos analisar alguns fatores para ajudar na decisão.

A principal diferença entre o piso cerâmico e o porcelanato é a tecnologia de produção.
O piso e revestimento cerâmico em geral é feito de argilas selecionadas, moídas e prensadas em um processo chamado via seca.
Após a prensagem acontece a queima e esmaltação.
Não há cerâmica polida apenas esmaltada.

O porcelanato possui um processo tecnologicamente mais complicado e um resultado mais controlado do que a cerâmica comum-via úmida.
Ele é feito com uma mistura de feldspato,quartzo, e outros minerais nobres, passando por uma queima a mais de 1200 graus Celsius.

O porcelanato ao contrario da cerâmica pode ser tanto esmaltado como polido.
Sendo que o semi-polimento do porcelanato é conhecido como porcelanato acetinado.
Também são encontrados porcelanatos rústicos.

O porcelanato é mais homogêneo, mais denso, vitrificado e mais resistente do que as cerâmicas convencionais.
Também é menos poroso e, portando, tem um índice de absorção de água muito baixo em geral.
Isso o torna adequado a locais com alto tráfego, como aeroportos, estações ou shopping centers,hospitais,clinicas,e claro residencias.
O porcelanato é um material com tecnologia mais avançada e, em geral, possui maior resistência e durabilidade e permite rejuntes finos entre 1 e 2 mm.

Com a popularização devido a importação em massa do porcelanato, a tendencia da industria cerâmica é focar na produção de peças decorativas.
Azulejistas na sua cidade
Cerâmicas artesanais, rústicas de empresas especializadas nestes produtos tem um valor agregado alto.
Embora inferiores em relação as suas características de conservação, a própria cera, aplicada periodicamente, aumenta o charme deste revestimento.

A verdade é que um produto não chegou para substituir ao outro, mas, sim, para se somarem às muitas possibilidades existentes na construção civil: ambos podem ser utilizados em revestimentos de paredes, prédios, pisos e até calçadas, sempre observando suas características técnicas quanto à resistência, abrasão, impermeabilidade, rejunte etc.
Em ambos os casos opte por produtos de cor clara sem estampas ou com estampas suaves.
Evite produtos de cores fortes,com exceção de espaços decorados propositalmente.
Para ambientes amplos como sala, home, quarto etc vale a máxima do menos é mais.

Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossa matérias.
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:




   

0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords