Related Posts with Thumbnails

Máquinas e ferramentas

Qual a diferença entre piso destonalizado e piso com variação de tonalidade?

Você sabe qual a diferença entre piso destonalizado e piso com variação de tonalidade?
Neste post vamos explicar a diferença entre variação de tonalidade e destonalização.
piso esmaltado destonalizado

Variações de tonalidade
A tonalidade é a variação de cores, nuances, brilhos e texturas existentes em um produto em função de fatores relacionados com a matéria-prima e as variações que ocorrem durante o processo de fabricação.

O que é variação de tonalidade?
Quando falamos em variação de tonalidade é necessário observar os itens abaixo.
Tonalidade de lote e variação de tonalidade entre as faces de um produto.
Eles são diferentes e não tem uma relação direta entre si.
Nas pedras naturais nunca vamos encontrar  a mesma tonalidade em jazidas diferentes.
O produto sofre grandes variações de tonalidade e dificilmente são homogêneas.
Se precisarmos de mais  pedras para repor em uma área, dificilmente encontraremos produto semelhante.
No porcelanato ocorre algo similar, porém com menor intensidade.
Complementos devem ser feitos com a mesma tonalidade.

Como funciona?
Cada lote é único e recebe uma numeração específica.
Os lotes mais próximos são colocados em grupos de famílias.
Os complementos podem ser feitos usando produtos da mesma família.
No produto a variação de tonalidade representa a variação entre as suas faces.
Qualquer revestimento cerâmico apresenta esta característica, não importando a sua tipologia: porcelanato, monoporosa, gres, piso…

Isto serve para deixar alguns revestimentos como madeira, mármore e o cimento, com o design mais próximo do material natural.
Também para criar produtos como os ladrilhos com mix de desenhos.
Para obter no produto um determinado efeitos de brilho e textura,  as industrias cerâmicas criam para um mesmo produto diferentes faces que variam entre sí o desenho, a tonalidade, entre outras características de acabamento superficial estético.

Sendo assim os produtos  possuem 4 classificações.
Classificação de Variação de Tonalidade (V1, V2, V3, V4).
V1: Aparência uniforme.
Não existe diferença de tons entre as peças, porém em alguns casos, poderão apresentar diferenças mínimas.
As peças tem aparência uniforme quando assentados.
V2: Pouca variação.
Nestes produtos é possivel ver uma variação leve de destonalização entre as peças.
V3: Variação moderada.
Embora as cores presentes numa só peça sejam o indicativo das cores das demais, a intensidade de cor de cada peça pode variar.
V4: Grande variação.
As peças apresentam uma grande variação de cores.
Como o objetivo de obter um efeito  estético único, em algumas linhas as peças poderão ser totalmente diferentes umas das outras.

Destonalização
É a variação de tonalidade de um produto, realizada de forma intencional, contínua, controlada e padronizada.
Intencional: porque não é fruto do acaso, não é o resultado de variáveis fora do controle, mas sim uma variação deliberada e cuidadosamente planejada e provocada.
Contínua: porque não é a sucessão de grupos de tonalidades diferentes, não é a variação de tonalidade entre lotes, mas sim uma variação de tonalidade de lotes, uma variação ininterrupta de tom, de tal forma que qualquer amostra aleatória do produto possua em seu interior todas as tonalidades previstas.
Controlada: porque não é uma variação aleatória, mas sim a produção de uma sequência ordenada de variações que devem ocorrer dentro de limites precisos.
Padronizada: porque as variações não variam com o tempo, são sempre as mesmas variações que devem ocorrer.
Um conjunto de tons deve ser definido e padronizado para cada produto destonalizado.
A diferença para o consumidor
A primeira vista pode parecer que destonalização e variação de tonalidade é a mesma coisa.
Mas a diferença real é que:
Pisos destonalizado é propositalmente colocado junto para dar a impressão de realismo.
Pisos que imitam outros materiais como pedras e madeira por exemplo.
O cliente compra justamente porque as peças são diferentes entre si.

Pisos com variação de tonalidade são separados e classificados com variação de 1-4.
Neste caso a ideia é ser homogenio.
Quando peças de um mesmo lote de fabricação mas com variaçõa de tons na cor são colocados juntos na embalagem recebem a classificação de variação.
Veja este vídeo com uma dica especial:
Como calcular a quantidade de piso da sua obra?
Se a intenção é ter um piso todo homogenio a variação V1 é a indicada.
Quando a classificação é V3 ou V4 o consumidor terá uma variação de cor visível,se a ideia é homogeneidade pisos com esta variação serão um problema.

Para o assentamento de qualquer porcelanato ficar perfeito utilize:



www.lojalhd.com.br

Para saber quais as melhores marcas de porcelanato para sua obra veja este vídeo:



Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossa matérias.
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:






0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords