Related Posts with Thumbnails

Máquinas e ferramentas

Materiais de demolição.A grife do antigo.

Materiais provenientes de demolição realmente estão na moda na arquitetura.
A começar pela madeira que pode ser um mourão de cerca de fazenda usada como batentes de portas e janelas,apoio para cerca viva,móveis rústicos, painéis decorativos e portas de entrada.
Portas,janelas, portões e mobiliário de madeira  ganham restauro e valor agregado.
Tijolos de argila antigos que antes eram jogados fora na demolição,agora são retirados um a um  com todo o cuidado pois valem uma fortuna.

São usados em fachadas de nobres casas ou em painéis internos tudo aparente.
A partir dai  iniciou-se também o processo de restauração de ferragens de casas antigas.
Elas são retiradas com todo o cuidado lixadas,as vezes se preenchem com massa plastica alguns pontos de ferrugem,e então recebem novas pinturas,geralmente a envelhecida. 
Mas não é só.
Azulejos, ladrilhos,e até pisos são reaproveitados com statos de acabamento fino.
Metais,louças, luminárias,e lustres antigos também são vistos com um valor econômico e as vezes sentimental, nostálgico por parte dos adeptos desse modelo arquitetônico.
Aquela visão do processo de demolição que nós tínhamos de um guindaste derrubando tudo,ou de uma escavadeira derrubando as paredes...esquece!
Demolir uma casa hoje é quase como um trabalho geológico.
Tudo é retirado com muito cuidado para o menor desperdício possível de material.
Claro que se trata de um nicho de mercado,nem todo mundo gosta desse tipo de arquitetura.
Mas em meio a tantas cúpulas sobre meio ambiente e sustentabilidade,é muito interessante o processo de reaproveitamento de materiais na construção civil.

Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossa matérias.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:






0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords