Related Posts with Thumbnails

Máquinas e ferramentas

Banheira vitoriana é feita de qual material?


As banheiras vitorianas originais datam do século XIX e, como o nome já diz, eram utilizadas nos banheiros do período vitoriano.
De linhas arredondadas, estes modelos eram feitos de ferro fundido, com acabamento esmaltado, material capaz de manter a temperatura por um tempo prolongado.

Presentes nos projetos atuais, essas banheiras trazem de volta a poesia e o charme das épocas passadas

As versões novas podem ser encontradas feitas do mesmo ferro fundido de antigamente, ou de outro material chamado Quarrycast que é um composto vulcânico feito de pedra calcária e resina.
Ambos, normalmente, têm garantia de 20 anos.

Existem também as banheiras feitas de fibra, que não se comparam nem na sua beleza (a fibra amarela com o tempo), nem na resistência (elas costumam ter apenas 1 ano de garantia), mas possibilitam a adaptação de hidromassagens e duchas

As banheiras vitorianas são auto-portantes, podendo ser retiradas e reinstaladas em outro lugar, e tem instalação bem simples, não necessitando de alvenaria.

Com novas leituras, transformando-as em objetos contemporâneos, ou restauradas e pintadas externamente na cor ideal para o seu espaço, o certo é que estas banheiras voltaram para marcar presença, decorar e proporcionar banhos relaxantes.

Original ou atual, o bom é que este modelo de banheira, torna o sonho de ter um banho de imersão, muito mais próximo da realidade para todos nós, já que não necessita toda aquela quebradeira de uma obra convencional…#fato

O Design Vitoriano 
A Rainha Vitória (1837-1907) da Grã Bretanha marcou uma era muito importante para a cultura inglesa: a Era Vitoriana.
No seu reinado as artes, as ciências e a tecnologia foram desenvolvidas em um espaço de tensão entre a tradição do passado e a modernidade.
O estilo vitoriano, do qual os ingleses se orgulharam, se estendia aos objetos, móveis, roupa, tecidos, gráfica, arte, arquitetura, paisagismo e design de interiores.

Sua influencia chegou a muitos outros continentes e durou mais de um século.
O gosto vitoriano cresceu no coração da burguesia britânica do século XIX.
Na arquitetura, na decoração, no paisagismo e nas artes gráficas e nos objetos predominaram as formas orgânicas estilizadas de linhas marcadas e os arabescos com decoração austera e volumes geométricos.

Este post é uma parceria editorial entre os sites: O Azulejista e o site:
"Entre Esboços" Design Interior
entreesbocosdesign.blogspot.com.br

Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossas matérias.
Coloque seu e-mail aqui:Delivered by FeedBurne 
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:









0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords