Related Posts with Thumbnails

Máquinas e ferramentas

Porque impermeabilizar o imóvel.Cinco bons motivos.

Técnica utilizada para isolar e proteger uma edificação da passagem de vapores e líquidos, a impermeabilização é obrigatória na maioria dos países desenvolvidos.
No Brasil, no entanto, a prática ainda é pouco utilizada na construção – seja por empresas, seja por construtores individuais, mesmo com a introdução recente de normas para a construção civil, que exigem a técnica.
Por falta de informação, no país, pouquíssimas obras realizam a impermeabilização de maneira adequada.
Quando feita da forma correta, gera inúmeros benefícios ao construtor.
Para demonstrar os benefícios vamos listar 5 principais motivos para levar os construtores a fazer uso das técnicas de impermeabilização.

Motivo nº 1: Mais saúde para os habitantes
Quando a impermeabilização é executada da forma adequada, o imóvel não sofre infiltrações, não havendo, portanto, umidade no ambiente.
Evita-se assim o desenvolvimento de microrganismos e o fungos prejudiciais à saúde.
Como se sabe, a maioria das doenças respiratórias está associada ao convívio das pessoas em um ambiente úmido.

Motivo nº 2: Redução de custos
O investimento em impermeabilização no início da obra tem um custo estimado entre 1% a 3% da obra.
Se for necessária uma intervenção depois da obra finalizada, além do transtorno de quebrar toda a casa, o custo pode chegar a até 20% do valor do imóvel.
Além disso, se o imóvel estiver de acordo com todas as exigências de impermeabilização, não será preciso pintar a casa a cada 6 ou 12 meses por conta de umidade, já que a pintura num ambiente impermeabilizado pode durar anos.

Motivo nº 3: Mais segurança à edificação
Se não for impermeabilizado de forma correta, o imóvel pode ter problemas de infiltração, com o consequente risco de colapso das paredes e de queda do reboco e do revestimento da parede.
Nesse processo, alguém pode sair machucado

Motivo nº 4: Preservar a estética
Devido à umidade e às infiltrações, começam a surgir bolhas na parede, esfarelamento do reboco, amarelamento e desprendimento do gesso, além de possíveis trincas.
Esses são alguns dos problemas que prejudicam a estética e desvalorizam o imóvel – o que pode ser evitado com a impermeabilização correta.

Motivo nº 5: Atender à normatização recém implantada
Existem diversas normas para a impermeabilização.
A mais recente é a norma de desempenho, que inclui vários requisitos para a impermeabilização.
O atendimento às normas, além de beneficiar a obra e o construtor, evita eventuais problemas judiciais pelo descumprimento das normas.
Gostou dessa matéria?
Cadastre seu e-mail para receber nossas matérias.
Coloque seu e-mail aqui:Delivered by FeedBurne 
Deixe seu comentário,ou acesse nossas redes sociais.
Não deixe que seguir O Azulejista nas redes sociais:









0 comentários:

Postar um comentário

Banner Hotwords